Compartilhe:

Encerrou na última quarta-feira (4) o prazo para o alistamento, como é chamado a confecção dos novos títulos de eleitor no pais.

Em Barroso, de acordo com levantamento exclusivo realizado pela reportagem do barrosoemdia, mais de 200 novos títulos foram feitos.

Presencialmente, somente nas últimas semanas, o Cartório Eleitoral de Prados, responsável pela Zona Eleitoral 228, a qual pertence Barroso, teve 86 novos alistamentos de barrosenses. Já na Câmara Municipal de Barroso, que foi parceira do Cartório na realização do trabalho, outros 115 títulos foram feitos pelos funcionários do legislativo.

Portanto, totalizando, até o momento, são 201 novos registros. Regularização, transferência do local de votação e outros serviços também foram realizados na Câmara.

No Brasil, o ministro Luiz Edson Fachin, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), apontou  que, entre janeiro e abril deste ano, o país recebeu 2.042.817 novos eleitores na faixa etária de 16 a 18 anos.

O total, de acordo com o TSE, deve ser divulgado em julho. Muitos ainda podem ser negativados. Os números também podem aumentar, levando em conta que muitos pedidos ainda estão sendo analisados.

No total da Zona 228, que além de Barroso também tem as cidades de Prados, Dores e Lagoa Dourada, foram 580 novos alistamentos, incluindo pedidos pelo títulosnet e os atendimentos na Câmara. O maior número de novos registros é de Barroso.

No último pleito, eleições municipais de 2020, Barroso tinha 17 mil e 198 cidadãos estão aptos a votarem. Este número, segundo dados do Cartório deve aumentar entre 400 novos eleitores nos próximos dias.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.