Compartilhe:

Bastou o primeiro feriado após a mais flexível fase de isolamento desde o início da pandemia do novo coronavírus em Minas Gerais, para que as estradas voltassem a experimentar um movimento semelhante apenas a feriados como o carnaval, época sem restrições de circulação e atividades.

E não foi apenas isso. Diante das compridas fileiras de veículos, motoristas apressados e imprudentes avançaram sobre os acostamentos para tentar ganhar tempo e se lançaram na contramão em trechos proibidos, de faixas contínuas, ignorando os riscos de acidentes.

Na BR-040, o movimento também foi intenso entre BH e Brasília (Norte) e a capital mineira e o Rio de Janeiro (Sul). Ocorreram pontos de congestionamento na parte Sul próximo ao Jardim Canadá (Nova Lima), entroncamento para Ouro Preto (BR-356), no topo do Mundo (Brumadinho), Itabirito, Congonhas, Conselheiro Lafaiete e Barbacena. No sentido Norte, o trecho mais carregado era o de mais de 15 quilômetros entre Ribeirão das Neves e Esmeraldas, devido ao enorme fluxo de veículos.

A PRF informou que deve divulgar um balanço das ocorrências no fim do dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *