Compartilhe:

Cinco detentos de unidades prisionais da Zona da Mata e Campo das Vertentes estão foragidos após receberem o benefício à saída temporária no Natal e Ano Novo de 2020. Todos os que receberam o direito deveriam ter regressado aos centros de detenção até às 18h do dia 5 de janeiro.

Segundo a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), 111 presos receberam o benefício nas regiões. Na 4ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp) com sede em Juiz de Fora e que abrange outras sete cidades, 99 detidos foram beneficiados com a saída temporária de Natal e Ano Novo. Desse total, cinco não retornaram na data prevista, e um foi preso por cometimento de novo crime. Já na 13ª Risp, com sede em Barbacena e que abrande mais quatro municípios, 12 presos foram liberados e todos retornaram.

Isso significa que 4,5% dos que foram contemplados com a saída de final de ano não voltaram às unidades conforme o previsto. Conforme a Sejusp, “os critérios para acesso ao benefício e possíveis punições para aqueles que não retornam nas datas previstas são de responsabilidade da Justiça”. Eles são considerados foragidos da Justiça e, quando capturados, vão perder o direito às próximas saídas temporárias.

Em Minas Geais, a Justiça deu benefício para 953 presos nas unidades administradas pelo Departamento Penitenciário (Depen). Destes, 49 estão foragidos (média de 5,1%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *