Compartilhe:

Um novo modelo de urna eletrônica será utilizado em algumas das principais cidades do Campo das Vertentes nas Eleições 2022. O modelo UE2020 será usado em Alto Rio Doce, Barbacena, Carandaí e São João del-Rei. A informação foi divulgada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) na última quinta-feira (14).

De acordo com a divulgação, a nova urna eletrônica é considerada “mais moderna, mais rápida, com visual diferente e ainda mais segura”. A nova urna será usada pelo eleitorado de 68 municípios mineiros.

Para definição das cidades, o TRE-MG levou em consideração a logística de distribuição dos equipamentos e a proximidade da sede, localizada em Belo Horizonte, o que possibilita um suporte mais rápido às zonas eleitorais.

Durante a apresentação da nova urna à imprensa, o desembargador Maurício Soares, presidente do TRE-MG, destacou que “o apoio dos veículos de comunicação é fundamental para repassar informações corretas sobre o processo eleitoral à população”.

Soares também ressaltou que as inovações trazidas com o novo modelo mostram o empenho constante da Justiça Eleitoral em aprimorar a urna e a segurança do processo eletrônico de votação.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) voltou a ressaltar que as urnas eletrônicas não se conectam a nenhum tipo de rede, internet ou bluetooth. Dessa forma, para que fosse possível fraudar o equipamento, seria necessário superar mais de 30 barreiras de proteção.

“A urna utiliza o que há de mais moderno em termos de criptografia, assinatura e resumo digitais. Tudo isso garante que somente o sistema desenvolvido pelo TSE e certificado pela Justiça Eleitoral seja executado nos equipamentos”, informou.

A nova urna tem um visual um pouco diferente dos modelos anteriores. O teclado fica abaixo da tela, e não mais ao lado. A tela conta com maior qualidade de vídeo, o que melhora a visualização de informações e fotos para o eleitor. Várias características da urna e do sistema eletrônico de votação, já disponíveis anteriormente, foram mantidas, garantindo a segurança do processo eleitoral.

Além disso, o terminal do mesário não tem mais teclado físico. Na nova urna, ele tem tela sensível ao toque (touchscreen), como em smartphones.

Via G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.