Compartilhe:

Foragido, um homem de 31 anos suspeito de participação em sete assassinatos em Minas Gerais e de chefiar o tráfico e controlar eleitores em Santa Maria do Suaçuí, na região do Rio Doce, foi encontrado e detido pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) à tarde de segunda-feira (8) no distrito de Samambaia, em Guarapari, no Espírito Santo.

Ele começou a ser procurado há cerca de um mês após tornar-se o principal suspeito pela morte de um homem, 42, assassinado com um tiro na cabeça – a motivação do crime, segundo o delegado Douglas Mota, foi um desacerto comercial na aquisição de um lote e de um gerador de energia. Logo após o crime, criminoso escondeu-se.

Investigações revelaram que, à noite de 12 de fevereiro, a vítima foi até o bar do suspeito, pediu bebida alcoólica e sentou-se na calçada. Minutos depois, de acordo com a polícia, o suspeito aproximou-se ao lado do homem de 42 anos e disparou uma arma de fogo na cabeça dele.

Logo depois, ele fugiu e manteve-se foragido – com um mandado de prisão em aberto – até esta segunda-feira. Diligências que apontaram a presença do suspeito no Espírito Santo levaram os investigadores a encontrá-lo e ele acabou detido. Com o criminoso, policiais recolheram 150 gramas de cocaína, porções de maconha e papelotes.

Conforme esclareceu o delegado Douglas Mota, à frente da apuração dos fatos, o homem de 31 anos é investigado por participação em outros, pelo menos, seis homicídios e em crimes como tráfico de drogas.

“Esse homem possui envolvimento político na comunidade, sendo suspeito de realizar o controle de eleitores e correligionárias no local em que se deram os fatos e onde ele estaria chefiando o tráfico”, detalhou. O auto de prisão em flagrante foi lavrado, e suspeito deverá ser transferido para Minas Gerais nos próximos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *