Compartilhe:

O governo de Minas divulgou, nessa quarta-feira (24), o novo protocolo de saúde para volta às aulas presenciais. Segundo as secretarias de Estado de Saúde e de Educação, as aulas seguirão um modelo híbrido, mantendo o ensino remoto, além de ser facultativa, ou seja, depende da autorização dos pais para que os estudantes frequentem as escolas presencialmente.

O secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, afirmou que a reabertura das escolas não precisa estar condicionada à vacinação dos profissionais ligados à educação. “Vacinar os professores é importante, eles são prioridade, mas não vejo condicionamento entre retorno às aulas e vacinação de professores, assim como eu não vi condicionamento da assistência à saúde com a vacinação dos profissionais de saúde”, disse o secretário.

A volta às aulas presenciais será permitida a partir de 1º de março aos municípios que estiverem nas ondas verde e amarela do Minas Consciente, plano do Governo de Minas para a retomada das atividades. Na rede estadual de ensino, a volta será no dia 8 de março, a princípio, ainda restrita ao modelo remoto, em razão de decisão judicial em caráter liminar que impede o retorno de forma presencial.

Caso aconteça a derrubada desta liminar em Minas, o retorno poderá acontecer nas cidades onde a retomada for autorizada pelo poder municipal, mesmo nas escolas estaduais, e de maneira gradual e alternada.

Barroso, por exemplo, se enquadra na decisão do Governo, está na Onda Amarela e portanto depende da decisão do executivo para retornar com as aulas presenciais caso seja derrubada a liminar.

O ano letivo na rede pública de Minas começará na próxima quarta-feira (3) e a volta às aulas será no dia 8, ainda restrita ao modelo remoto, a princípio, em razão de decisão judicial em caráter liminar que impede a volta aos colégios de forma presencial.

 

 

1 comentário

  1. As escolas foram abertas para eleições e ENEM. Milhares de professores trabalharam nestes dois eventos.
    Agora para que os alunos possam voltar as Escolas, ficam fazendo manifestações contra.
    Por isso, acho que esta categoria esta cada vez mais indo para fundo do posso, apoiadas por canalhas ligados aqueles partidos querem ver o país cada vez mais na ruina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *