Compartilhe:

Com 205 lojas espalhadas por Minas Gerais, o Supermercados BH vai chegar, em breve, a mais cidades das regiões do Campo das Vertentes e Zona da Mata. É que a rede acaba de comprar as 14 lojas e os três postos de combustíveis do grupo Sales Supermercados, sediado em Barbacena.

A conclusão do negócio ainda está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), mas o contrato de compra e venda já foi celebrado.

A informação é do fundador e presidente do Supermercados BH, Pedro Lourenço de Oliveira, que por questões burocráticas, não revelou o investimento na aquisição. Segundo ele, o aporte faz parte da estratégia da rede em expandir para o interior do Estado.

“No Norte de Minas já possuímos uma forte presença, já chegamos ao Sul do Estado e também ao Centro-Oeste. Mas, naquelas regiões (Campo das Vertentes e Zona da Mata) só tínhamos lojas em Lafaiete e Juiz de Fora. Agora, com a compra da bandeira Sales, entraremos em outras cidades de alto potencial de consumo”, avaliou.

Fundado há mais de 60 anos em Barbacena, o Supermercados Sales conta com três lojas na cidade, três em São João del-Rei e uma em cada um dos municípios de Belo Horizonte, Contagem, Carandaí, Conselheiro Lafaiete, Santos Dumont, Juiz de Fora, Ubá e Muriaé. Já os postos de combustíveis estão localizados em Barbacena, Ubá e São João del-Rei.

Ao todo são mais de 1.700 funcionários trabalhando em Minas Gerais não apenas nas lojas e nos postos, mas também no Centro de Distribuição e Administrativo, localizado em Barbacena, e na Central de Compras, situada na Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa Minas), em Contagem. “Todas as unidades agora passarão a operar com a bandeira do Supermercados BH”, adiantou Oliveira.

Conforme o ranking da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) 2019, o Supermercados BH faturou aproximadamente R$ 6 bilhões em 2018, 11% a mais que em 2017, quando a empresa apresentou receita de R$ 5,4 bilhões. Com o resultado, a rede liderou a lista dos mineiros e ficou em sétimo lugar em âmbito nacional. O ranking Abras 2020 com os números de 2019 ainda não foi divulgado.

Informações Diário do Comércio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *