Compartilhe:

Primeira barrosense vacinada no último 19 de janeiro, Andréia Ferreira, Técnica de Enfermagem no Hospital Macedo Couto, que também foi a primeira da área da saúde a contrair e vencer o vírus, recebeu nessa terça-feira (9) a segunda dose da vacina Coronavac, que é aplicada 20 dias depois da primeira dose.

Os outros barrosenses que também foram vacinados na fase inicial, profissionais da chamada linha de frente do combate a Covid, institucionalizados no lar de idosos e moradores da Casa Lar, da Apae, também receberam a segunda dose da vacina do Buntatan em parceria com a China.

A partir de agora, estes barrosenses, de acordo com especialistas, devem aguardar cerca de 20 dias para a imunização “efetiva”. A eficácia da Coronavac é de 50,38% após esses dias. São 78% em casos leves e 100% em casos graves.

Os demais, que chegaram a receber a vacina Oxford/AstraZeneca, só recebem a segunda dose, de acordo com profissionais da área, daqui há três meses. A eficácia da vacina de Oxford é de 76% após o 22º dia da segunda dose.

VEJA TAMBÉM:

Barroso vai começar a vacinar idosos acima de 90 anos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *