Compartilhe:

Borboletas, libélulas e opiliões são invertebrados que desempenham diversos serviços ambientais em ecossistemas terrestres e aquáticos, enquanto que os anfíbios anuros (sapos, pererecas e rãs) constituem vertebrados de extrema importância no monitoramento da qualidade de florestas, entretanto muitas localidades não possuem informações quanto às comunidades desses táxons ou são subamostradas, mesmo aquelas consideradas potenciais para invertebrados e vertebrados, como o município de Barroso, centro-sul do estado de Minas Gerais.

Nessa perspectiva o presente estudo se propõe a inventariar a fauna desses animais, gerando ferramentas para o ecoturismo e subsídios para criação de Unidades de Conservação neste município.

O estudo de inventário será conduzido no período de outubro de 2020 a setembro de 2021, com coletas em campo nos meses de outubro de 2020, janeiro, fevereiro e março de 2021, em áreas de floresta estacional semidecidual e campos de altitude em três áreas (Mata do Baú, Cachoeira do Padeiro e Região da Lajinha) no município de Barroso.

Serão utilizadas diferentes metodologias de amostragem, e a identificação das espécies que será realizada por diferentes pesquisadores. O material biológico será depositado no laboratório de zoologia do IFSUDEMINAS, Campus Inconfidentes. Será confeccionado um guia fotográfico das espécies para finalidade de ecoturismo, bem como treinamento de seu uso através de um minicurso de 12 horas (prático e teórico).

Também será produzida uma lista de espécies, raras, novas ou ameaçadas de extinção, produzida a partir dos dados do presente trabalho, e de outros estudos já realizados no município, a fim de fomentar a criação de Unidade de Conservação, que será encaminhado à prefeitura e outras instituições, bem como o material do ecoturismo, em dezembro de 2021.

O trabalho conta com o apoio do Hotel Graçano na cidade e tem à frente o Biólogo e Professor barrosense Marcos Magalhães.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *