Compartilhe:

Mais uma dor de cabeça para os barrosenses. Além de sofrerem com os problemas relacionados a qualidade e falta de água, agora enfrentam as constantes quedas de energia elétrica na cidade.

“Aqui no Centro é assim; por volta das 10h, 11h, a gente já começa a se preparar para a falta de energia. Daí começa aqueles picos seguidos de três e até quatro vezes. Vai e volta”, diz a moradora da região central que já teve aparelhos danificados por essas consequentes quedas.

“E aí você vai entrar na justiça, se arrasta por anos e anos e a Cemig não arca com o prejuízo que traz para você. Mas vai você atrasar a conta de luz pra ver, cortam sua energia na hora”, diz a moradora que prefere não se identificar.

Mas não só a região central sofre com as quedas de energia na cidade. Segundo moradores de outros bairros como Bedeschi, Bandeirantes e Rosário, a situação é a mesma. “Tenho aqui uma vizinha que já perdeu televisão, fogão elétrico, tudo por causa destes picos”, declara uma internauta que cobrou uma matéria, via WhatsApp, sobre estes recorrentes problemas.

Ainda segundo reclamações nas redes sociais, o grande problema é que quando não acontecem os frequentes picos, a energia costuma cair e demora muito para que restabeleçam o serviço. “Já ficamos aqui um dia todo sem luz porque não vieram quando ligamos”, diz o morador do bairro do Rosário.

CHUVAS

Com as fortes chuvas, típicas desta época do ano, as quedas tem aumentado na cidade de Barroso. São inúmeras reclamações de moradores de quase todas as regiões do município. Mensagens e comentários no site barrosoemdia.com.br também se tornam mais frequentes com relação a queima de aparelhos.

“Gostaria de um posicionamento da Prefeitura Municipal, que de alguma forma questione a CEMIG para saber o que ocorre na transmissão de energia na cidade. Estou enviando esta mensagem a vocês uma vez que esse assunto diz respeito a toda a população barrosense e pelo fato do Jornal ter uma maior possibilidade de obter informações do Governo Municipal”, diz Mariana Cerqueira.

A reportagem está entrando em contato com o executivo para trazer uma posição para a população barrosense.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.