Compartilhe:

Na tarde deste domingo (31), o Corpo de Bombeiros de São João del Rei foi acionado para o atendimento de uma ocorrência de incêndio em uma edificação no andro da Igreja da Santíssima Trindade, em Tiradentes.

Os militares se depararam com um incêndio de grandes proporções tomando um conjunto de cômodos onde funcionava uma cozinha. O fogo atingiu maquinários de produção de pastéis, utensílios domésticos e diversos móveis, além de também ter derrubado o telhado e comprometido as estruturas da construção.

Ao lado dos militares, também atuaram funcionários do local e um caminhão da Defesa Civil de Tiradentes. Com o uso de duas linhas de mangueiras de combate a incêndios, os Bombeiros coseguiram controlar as chamas e realizar o rescaldo, evitando que o fogo voltasse ou se espalhasse para o restante dos cômodos e para a igreja.

De acordo com o Sargento Márcio, chefe da equipe que atendeu a ocorrência, “fomos acionados já no final da tarde e nos deslocamos para lá imediatamente. Quando chegamos, boa parte do local estava tomado pelas chamas. Trata-se de um conjunto de cômodos onde funcionava uma cozinha de fabricação de pastéis, por isso, o fogo destruiu diversos maquinários relacionados a esta produção, assim como muitos utensílios de cozinha, armários, fogões e um freezer”, disse o Sargento.

Ainda segundo os Bombeiros, quatro botijões de gás de grande capacidade também foram atingidos pelas chamas e precisaram ser removidos do local. Sobre as causas, o Sargento Márcio afirma que “havia um grande bambuzal nos fundos dos cômodos e há uma suspeita de que o fogo tenha começado lá. O local é protegido pelo Patrimônio Histórico Federal e, de acordo com as informações que recebemos, haverá uma perícia técnica na manhã desta segunda-feira, o que poderá esclarecer o que de fato aconteceu”, fechou Márcio.

Devido ao forte calor, boa parte do telhado desabou e as paredes ficaram danificadas. O imóvel atingido foi interditado e será necessária uma vistoria por parte da Defesa Civil para verificar as condições estruturais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.