Compartilhe:

No último dia 5 de agosto, o bispo diocesano de São João del-Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento, juntamente o vigário Geral, padre Geraldo Magela da Silva, e os demais membros do Colégio de Consultores e Conselho Presbiteral, se reuniram para avaliar a atual situação vivenciada neste tempo de pandemia e a viabilidade na retomada das celebrações.

Na oportunidade ficou definido que as celebrações poderão ser realizadas a partir do dia 15 de agosto, sábado próximo, seguindo diversas recomendações para a maior segurança de todos ( Relembre aqui!) Mas conforme o próprio bispo, cada Paróquia tem total autonomia para decidir o momento ideal para essa reabertura, conforme as orientações de cada Prefeitura.

Assim, em contato com membros responsáveis pelas igrejas católicas em Barroso, ainda não há uma definição com relação ao retorno das celebrações neste próximo fim de semana. “Ainda não há uma definição”, diz um dos membros da igreja que prefere não se identificar.

Por parte da igreja católica, uma reunião deve acontecer entre as duas paróquias; Sant´Ana e Rosário de Fátima, onde os párocos; Claudir e Pedro, devem definir as novas diretrizes para celebrações religiosas na cidade.

Em contato com a Prefeitura, o Prefeito Reinaldo Fonseca (PSDB) disse que na reunião do Comitê, que aconteceu nessa segunda-feira, que haverá um planejamento para repassar as orientações dos protocolos aos líderes religiosos.

CIDADES VIZINHAS

Em Dores de Campos o padre João Rodrigues de Paula, da Paróquia de Nossa Senhora das Dores, se reuniu com o prefeito Marcílio Cotta (MDB) na sede da Prefeitura Municipal de Dores de Campos e, por uma questão de prudência, em razão da pandemia de coronavírus, foi decidido que as celebrações na Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores ainda não terão a presença de fiéis. O mesmo acontecerá em Prados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *