Compartilhe:

No último dia 9 de abril, a empresa Marluvas emitiu uma nota a imprensa confirmando mais de 30 casos suspeitos da doença e quatro confirmados. No documento, a empresa ainda afirma que afastou os funcionários que estavam em isolamento. E mais, garantiu que todas as medidas preventivas contra a doença vem sendo tomadas pela multinacional.

Porém, mesmo cerca de uma semana depois, alguns depoimentos continuam chegando até a redação do Barroso EM DIA, através do WhatsApp – 9-9199-1575. Eles são referentes a empresa Marluvas, onde funcionários afirmam que estaria acontecendo um surto da doença nos últimos dias.

“São mais de 50 casos de afastamento. Somente no setor de produção mais de 30 pessoas estavam com a  suspeita da doença. Pode ver aí que eles estão até contratando”, traz um depoimento que pede anonimato.

Entre os óbitos por Covid-19 registrados na cidade de Dores de Campos, dois eram de funcionários da Marluvas.

Diante das inúmeras denúncias e fontes ligadas a empresa, a reportagem do Barroso EM DIA entrou em contato com a Marluvas para saber o posicionamento da empresa sobre dos relatos e suspeita de surto do coronavírus.

Em resposta ao Barroso EM DIA, a empresa divulgou a mesma nota que foi emitida em 9 de abril.

Veja o comunicado que foi divulgado no último dia 9 de abril.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *