“A gente corre na BR-040 e a gente morre na BR-040”

Compartilhe:

Um grave acidente entre duas carretas e um carro fechou a BR-040 no início da noite dessa sexta-feira (12), na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Um carro foi totalmente esmagado por duas carretas.

Esse foi apenas mais um episódio na história de acidentes e mortes da BR mais importante de nossa região e uma da mais importantes do país.

E essa é uma longa história… Em 1970, o ator e cantor Tony Tornado venceu o festival Internacional da canção com a música BR-3. A letra, hoje um clássico, dizia: “a gente corre na BR-3 e a gente morre na BR-3”. O que muita gente não sabe é que BR3 era justamente o nome oficial dado, até a década de 1960, ao trecho da BR-040 que corta nossa região, desde o RJ até BH.

O mais triste é constatar que tantas décadas depois do lamento em forma de soul music de Tony Tornado, a gente segue correndo e a gente segue morrendo na BR-3, hoje, 040.

As estatísticas provam que a maioria dos acidentes são provocados por imprudência, sono, excesso de velocidade, falta de manutenção do veículo, desrespeito à sinalização e uso de bebida alcoólica.

Boa parte dos acidentes acontecem também nos feriados, quando as estradas estão mais cheias. Feriado como o que teremos na próxima semana.

Esse comentário, portanto, serve também como um alerta e uma súplica. Que todos nós motoristas nos tornemos mais atentos e mais zelosos no trânsito. Que cuidemos da nossa própria vida, das dos nossos familiares e dos nossos semelhantes.

A história da 040 é uma história de dor, mas nós não precisamos para sempre repetir essa história.

Como certa vez disse Francisco do Espirito Santo, embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

por Antônio Claret

Para acessar outros textos do autor, visite o blog  www.antonioclaret.com

 

Clique abaixo e ouça também o áudio do texto que foi exibido no programa Redação Globo, na Rádio Globo Barbacena, onde o colunista apresenta o quadro O Comentário da Semana! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *