Grandes ideias geram grandes oportunidades

Compartilhe:

Duas reportagens desta edição de setembro de 2019 do Jornal Barroso EM DIA, produzidas pelo jornalista Douglas Gonçalves, nos fazem acreditar que algo de bom ainda reside no ser humano.

Parece improvável essa afirmação, mas é que em tempos de ódio e falta de inteligência e educação é raro ver algo bom e para o bem sendo realizado. E geralmente, quase sempre, essa bondade nasce no interior de onde muitos acreditam não poder extrair nada além de um sotaque carregado. E o mais interessante é que as ideias estão desvinculados do poder executivo, ou seja, elas partiram da sociedade organizada – esse sim, como não cansamos de mencionar, é o caminho para um país melhor.

Trata-se dos projetos de Ballet e do Clube do Livro. Dois acertos de mão cheia em algo que muitos acreditam não fazer diferença alguma. Velho engano. As reportagens das páginas 4 e 5, que podem passar despercebidas, mostram e dão opção a nós, pessoas e seres tão distantes de oportunidades e novidades.

Enquanto crianças, adolescentes e adultos estão no ballet, na escolinha de futebol, na aula de violão, no clube do livro, estamos vencendo. Quanto menos oportunidades, mais gols a Alemanha fura na nossa defesa frágil e pobre. Vencendo estamos quando cada projeto como este nasce, seja com o intuito de inclusão social, seja como fonte de debate literário. Incluir e debater devem e sempre vão caminhar juntos.

Parece bonito, animado, mas é triste ver adolescentes e jovens debruçados nos tabuleiros de xadrez da cidade apenas entornando bebidas e distribuindo lixo e ignorância no chão.

Se deparar com uma fila de “crianças” de fora das distribuidoras de bebidas e vê-los depois em uma caminhada munidos de garrafas avenida afora, sentido trevo, é muito pouco.

Diversão é importante, vital, necessário, mas opção, cultura, dança e esporte nunca são demais. É disso que estamos precisando: de oportunidades, de escolha, de opções para nos divertirmos e aprendermos cada vez mais. Um viva e os parabéns a quem ainda resiste em tentar fazer e provocar o bem. Estamos aqui para divulgar!

por Bruno Ferreira

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.