Compartilhe:

O prefeito de Barbacena, Carlos Du (MDB) esteve nos dias 3 e 4 de setembro, em Brasília/DF, para a Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC) – a versão brasileira do maior evento conservador do mundo, realizado nos Estados Unidos e que no Brasil foi organizado pelo deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

A liberdade de expressão foi o grande foco do primeiro dia do CPAC que está em sua segunda edição no Brasil. Referências às prisões, atentados à liberdade de expressão e decisões controversas do Supremo Tribunal Federal (STF) contra figuras de direita foram frequentes. Outro assunto debatido foi a quebra da hegemonia da esquerda na opinião pública.

O evento reuniu centenas de bolsonaristas às vésperas do 7 de Setembro, entre eles os ex-ministros como Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Ricardo Salles (Meio Ambiente), o atual presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, a Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, deputados federais como o Capitão Derrite (PP-SP), Bia Kicis (PSL-DF), Filipe Barros (PSL-PR), entre dezenas de blogueiros e influenciadores digitais amigos do presidente, Jair Bolsonaro (sem partido).

Um dos participantes do evento foi o prefeito de Barbacena, Carlos Du (MDB), que teve fotos divulgadas nas redes sociais nesse domingo (05). Porém, as imagens viralizaram rapidamente e dividiram opiniões dos barbacenenses, pois além do evento ser pago (entre R$ 50,00 a R$ 400,00), o fato da maioria – incluindo o prefeito – estar sem máscara, e a tentativa de ocultar sua participação, chamou a atenção da população.

Devido a repercussão negativa na noite de domingo (05), a ASCOM da Prefeitura Municipal de Barbacena emitiu uma nota em que confirma a participação do prefeito em várias reuniões em Brasília, entre elas a CPAC. “Na ocasião fizemos fotos com várias lideranças religiosas e políticas, dentre elas Sérgio Camargo, Presidente da Fundação Palmares, que na oportunidade teve uma conversa conosco sobre a nossa comunidade quilombola”. “O Assessor Direto do Secretário nacional de Políticas sobre Drogas e com o ex-senador Magno Malta, que possui vários projetos voltados para recuperação de dependente químico em todo o país, havendo a possibilidade de um apoio às instituições de Barbacena”, além do “Secretário Nacional de Educação, Mauro Luiz Rabelo, onde houve um estreitamento para parcerias futuras”.

Informações: Mais Vertentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *