Compartilhe:

Um ciclista de 70 anos morreu nessa quarta-feira (2) após ser atropelado por um homem, de 51, que conduzia uma van na MG-133, em Tabuleiro, na Zona da Mata mineira.

Conforme informado pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv) nessa quinta-feira (3/3), o condutor do veículo estava alcoolizado, sem a habilitação necessária e terminou preso. O teste do bafômetro realizado por ele apontou 0,59 miligramas de álcool por litro de sangue.

Indagado pelas autoridades, o condutor da van contou que seguia pela rodovia, atrás de um caminhão-baú, quando percebeu a colisão com o ciclista na parte dianteira do veículo. Com o forte impacto da batida, o idoso foi arremessado sobre uma cerca de arame. Ainda conforme o relato do motorista, a vítima, após atingir o solo, não se moveu mais. O homem, então, permaneceu no local, tomando as providências para o socorro imediato do ciclista.

Ainda conforme a PMRv, os militares perceberam que os olhos do homem estavam muito vermelhos e também notaram odor de álcool no hálito dele. Questionado, ele confessou que consumiu bebida alcoólica na madrugada anterior – informação que foi comprovada por meio do teste aplicado com o aparelho etilômetro.

Além disso, os policiais constataram que o motorista não possuía habilitação compatível com o veículo conduzido. Ele apresentou uma carteira de categoria “AB”, sendo que o correto seria a categoria “D”.

Diante do exposto, o condutor recebeu voz de prisão em flagrante, por dirigir alcoolizado, e foi encaminhado, sem lesões, para a delegacia de polícia judiciária no município de Ubá. Nesta mesma cidade, ele também passou por exames de praxe no Hospital Santa Isabel.

O corpo da vítima foi removido do local do acidente por uma funerária e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), também em Ubá, conforme orientado pela perícia técnica da Polícia Civil, que esteve no local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.