Compartilhe:

Após 11 dias internado, o menino, de 2 anos, que engasgou com a peça de um brinquedo na casa da avó materna em Montes Claros, no Norte de Minas, morreu nesta quinta-feira (28).

Luiz Otávio Aquino Madureira estava internado na Santa Casa em estado grave, respirando com ajuda de aparelhos. Ele foi socorrido e levado para o hospital pelo tio e pela mãe, que tentou tirar o objeto da garganta do filho.

O menino sofreu parada cardiorrespiratória e obstrução das vias aéreas precisou ser reanimado por cerca de meia hora. Ele foi submetido à cirurgia para retirada da peça, uma ventosa de uma flecha de brinquedo.

Charles Madureira, pai de Luiz Otávio, postou um vídeo nas redes sociais assim que soube da morte do filho.

“Infelizmente, nosso guerreiro não resistiu. Foi feita a vontade de Deus. A vontade de Deus foi diferente da nossa”, declarou.

Ainda segundo o pai da criança, a família decidiu pela doação dos órgãos de Luiz Otávio. “Não é fácil. Nesse momento difícil de dor, nós optamos por fazer a doação de órgãos dele.  Essas vinda do meu filho aqui na terra durante esses dois anos foi para demonstrar a importância de um amor, um amor de um filho, amor de um pai, e a importância da aproximação com Deus”, relata.

De acordo com a Santa Casa, os exames que avaliam a possibilidade de captação dos órgãos devem ser concluídos até esta sexta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *