Compartilhe:

Por Marcos Magalhães

É inegável que a questão ambiental é urgente, e devemos colocar em prática muitas ações que são necessárias para o bem-estar de todos nós, pois não é possível discutir, por exemplo, geração de empregos em um modelo econômico predatório para com o planeta, que vive um caos climático, social e econômico.

Seguem ações urgentes para o país:

1º Necessário implementar políticas públicas de moradia, a fim de evitar construções em áreas de risco, como topo de morro e área de mata ciliar;

2º Incentivar práticas agroflorestais, produção orgânica de alimentos e investir na agricultura familiar;

3º Investimentos em saneamento básico;

4º Políticas de conservação da biodiversidade brasileira, principalmente em maior estrutura das Unidades de Conservação, fiscalização e fortalecimento de órgãos como IBAMA;

5º Programas de extensão que permitam transferência de tecnologia e assistência técnica das Universidades e Institutos Federais para o pequeno produtor rural;

6º Recuperação de florestas para redução do aquecimento global e mudanças climáticas;

7º Acabar com os lixões, incentivando a reciclagem (o que gera emprego) e redução do uso de recursos naturais;

8º Investir em programas de recuperação de rios e nascentes, para garantir recursos hídricos, através do reflorestamento e pagamento aos produtores de água (aqueles que mantêm florestas ou as plantam em suas propriedades);

9º Combate efetivo ao desmatamento, garimpo, biopirataria e tráfico de animais;

10º Retorno aos municípios de valores pagos ao Governo Federal por empresas que causam impacto ambiental, como mineradoras;

11º Incentivo ao ecoturismo e ao turismo rural para geração de empregos;

12º Exigir do agronegócio práticas mais sustentáveis, através da manutenção de fragmentos florestais, redução de defensivos agrícolas (agrotóxicos) e incentivo financeiro à pesquisa brasileira;

E Barroso, do que precisa?

Existem considerados avanços, como os projetos em parceria entre poder público e iniciativa privada para recuperação do rio das Mortes, mas é necessário a criação da Unidade de Conservação, que vai trazer benefícios fiscais e ambientais; implementação do ecoturismo para geração de empregos, e tratamento de esgoto, portanto, precisamos observar as pautas de candidatos a Governadores e Presidentes, bem como observar o histórico de todos na área ambiental, deputados e senadores.

Precisamos votar em quem possui propostas reais na área ambiental…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.