Compartilhe:

Uma boa notícia para quem busca uma oportunidade de trabalho ou está à procura do primeiro emprego, principalmente neste momento após as festas de Carnaval, quando o ano começa de fato.

Em Minas Gerais, o Sistema Nacional de Emprego (Sine) oferece 7.723 vagas de emprego em diversas áreas, sendo 261 para Pessoas com Deficiência (PcDs). Só na região metropolitana de Belo Horizonte, são 2.065 oportunidades.

O ramo de call center é um dos setores que mais oferecem oportunidades de trabalho no Estado. São 817 vagas para operadores de telemarketing ativo e receptivo. O salário é de R$ 1.212, sendo necessário ter ensino médio completo. A carga horária de trabalho é de seis horas diárias, e é dispensada experiência em carteira.

“As vagas de operadores de telemarketing são boas oportunidades. Elas se encaixam bem para aqueles que estão em busca do primeiro emprego, porque não necessitam de experiência prévia”, disse o superintendente da Sedese, Marcel Cardoso Ferreira de Souza.

Chamou atenção

Esse requisito chamou a atenção da estudante de língua portuguesa Isadora da Silva, de 21 anos, para a vaga. Ela fez estágios em correção de provas em cursinhos pré-vestibulares em BH, mas no momento está desempregada e precisa de dinheiro para ajudar a família a manter a casa.

“Moro com a minha mãe e irmã. As duas estão trabalhando, graças a Deus. Mas sempre é bom ajudar, principalmente neste período em que o custo de vida está cada vez mais caro”, avaliou a estudante.

Mamãe está de olho!

A auxiliar administrativa Débora Ferreira, de 27 anos, está desempregada e de olho nas vagas de atendente de telemarketing. “Tenho um filho pequeno, por isso tenho que ter um tempo maior para cuidar e acompanhar o crescimento dele. Já estou desempregada há dois meses. Com toda certeza eu voltaria para o mercado de trabalho como atendente de call center. As seis horas de trabalho dariam supercerto com a minha rotina de mãe”, pontuou Débora, animada.

Servente e pedreiro

Outro setor que tem boa oferta de empregos em Minas Gerais é o da construção civil – servente e pedreiro, com 909 oportunidades. O salário é de R$ 1.832. É necessário ter ensino fundamental completo e experiência mínima de seis meses em carteira.

O encarregado de obras Gildeilson Ribeiro dos Santos, de 43 anos, foi ao Sine-BH para buscar a carteira de identidade nova, que apresentará no emprego. Ele conseguiu uma vaga de pedreiro. “Vou trabalhar em uma obra grande em Belo Horizonte. Sempre é bom arrumar trabalho sem dificuldade”, disse.

Informações: O Tempo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.