Compartilhe:

Uma pesquisa, que faz parte do programa de Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia em Alimentos do IF Sudeste/MG, de Rio Pomba, visa mostrar as condições higiênico sanitárias do comércio varejista de carnes em Barroso.

Trata-se, segundo o estudante de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos, o barrosense Rafael Almeida, de um projeto baseado na Resolução 7.123/2020 que regulamenta boas práticas para estabelecimentos que realizam comércio varejista de carnes, no âmbito do estado de Minas Gerais.

“Temos como objetivo avaliar as condições higiênico sanitárias dos estabelecimentos que realizam o comércio varejista de carnes na cidade de Barroso. O estudo será conduzido por etapas, onde a primeira será a o diagnóstico inicial dos estabelecimentos por meio da aplicação de uma lista de verificação, avaliação do conhecimento dos colaboradores e avaliação microbiológica. Seguido pela realização de treinamento dos manipuladores e a entrega de documentos obrigatórios”, conta o estudante.

Rafael Almeida

A lista de verificação, a análise microbiológica e o questionário de conhecimento dos manipuladores serão realizados novamente para observar quais mudanças ocorreram no período do projeto.

“Atualmente, estão participando do projeto nove estabelecimentos, mas queríamos abranger todos os estabelecimentos que vendem carne bovina à granel de Barroso”, diz Rafael que ressalta que o projeto é sigiloso e em momento algum o estabelecimento será exposto.

“Temos o objetivo de trazer melhorias para os açougues e consequentemente aos consumidores. O andamento do projeto funciona como uma consultoria realizado por um profissional da área de alimentos que está sendo supervisionado por professores de uma Instituição Federal”, diz.

Para participar basta entrar em contato com Rafael Almeida, estudante Tecnólogo de Alimentos e Especialista em Tecnologia e Qualidade em Produção de Alimentos. Telefone: 9-9132-7474

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.