Compartilhe:

De forma abrangente, é claro que sim! São todos iguais; assim como os médicos, professores, pedreiros… Também são todos iguais.

No entanto, a questão é a qualidade encontrada em cada um. Nesse sentido, reafirmo: são sim, todos iguais, mas com condutas e qualidades diferentes.

Por isso, do ponto de vista profissional, o entendimento muda. Considerando que em qualquer tipo de profissão existem profissionais melhores que outros, na política não é diferente. Deste modo, com certeza, nem todos os políticos são iguais.

Se na doença a gente escolhe um bom médico; na escola um bom professor; na construção um bom pedreiro… Então, por que não ocorrer o mesmo na política na escolha de quem vai gerir o dinheiro público?

Não deixem colocar na sua cabeça essa visão equivocada que nenhum político presta, e que a política é um terror. Isso não é verdade! Assim a verdadeira política fica enfraquecida enquanto os perversos se fortalecem. É por isso que surgem, cada vez mais, falsos líderes com discursos irreais apresentando fórmulas mágicas para solucionar todos os problemas.

Portanto, participar da política e analisar a conduta dos políticos pode ser trabalhoso, mas é fundamental para melhorar a qualidade da política e, por consequência, a vida de toda comunidade.

“Sem participar do debate político, o eleitor transforma-se em mero torcedor: vale é ganhar o jogo, não importa como”. Depois só lhe resta lamentar. E, reclamar por reclamar não promove mudança alguma.

Lembre-se: “Boa ou má, quem faz a política é você”. Já pensou nisso?

1 comentário

  1. Acredito que mesmo aqueles que não são corruptos passam a ser devido a pressão que sofrem daqueles que são quando envolve grandes quantias de dinheiro.
    Uma pessoa que queira representar o povo, mesmo que de vereador a presidente da república, deveria bancar sua própria campanha.
    E, nada de partido ficar mandando ou mesmo dando opinião por interesses próprios.
    Assim, talvez possa acontecer de nascer políticos honestos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *