Compartilhe:

O governo de Minas Gerais fez, nesta quarta-feira (3/2), uma lista com uma série de recomendações para os 853 municípios durante o carnaval, para evitar a aceleração da COVID-19 no estado. Entre as orientações dadas pelo Executivo estadual, estão o não fechamento de ruas para eventos e a não publicação de decretos de ponto facultativo.

O estado também orientou para que as prefeituras vetem o uso de espaços de serviços para a comemoração do carnaval, como academias, clubes, estacionamentos, entre outros. O governo também recomendou a suspensão de qualquer evento, seja ele público ou privado, de qualquer natureza, durante o período festivo.

“Não haverá ponto facultativo nas repartições públicas estaduais. Todos estarão trabalhando e vamos ter de deixar a festa daqui a alguns meses, quando boa parte da população já estiver vacinada e estivermos em uma situação melhor”, disse o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo).

O Comitê Extraordinário COVID-19, gerido pelo estado, determinou que unidades de conservação, balneários, centros de eventos socioculturais, instalações e equipamentos históricos administrados pelo governo de Minas deverão permanecer fechados para o acesso ao público durante o período carnavalesco. A mesma medida de enfrentamento à pandemia é recomendada aos municípios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *