LafargeHolcim apresenta Edital de Seleção para patrocínio de projetos esportivos em Barroso

Compartilhe:

Na noite dessa quinta-feira (11), aconteceu no auditório da LafargeHolcim, a apresentação do Edital de Seleção para patrocínio de Projetos Esportivos em Barroso. Compareceram na reunião algumas das lideranças esportivas da cidade e demais autoridades como o Presidente da Câmara Municipal,  vereador Eduardo Pinto e também o Vereador João Campos, o Golô.

A apresentação do edital foi ministrada pelo funcionário do setor de Responsabilidade Social da LafargeHolcim, Felipe Queiroz, que fez uma breve recapitulação dos projetos desenvolvidos pela fábrica nos últimos três anos, como o Conexão Empreendedora, o Comitê de Ação Participativa (CAPS) e uma das principais ações voltadas para o esporte no município, o Projeto Show de Bola, que esteve na ativa entre os anos de 2017 e 2018.

Com relação ao edital para seleção de projetos, pontos chave foram destacados como a obrigatoriedade das atividades serem desenvolvidas em Barroso ou no distrito de Pitangueiras, na cidade de Prados; a contratação de mão de obra local e aspectos sociais e relevância do projeto.

Segundo Felipe, a possibilidade é de que o projeto aprovado receba uma verba entre R$ 100 mil e R$ 120 mil.

Ao final da apresentação, questões foram levantadas, em especial as exigências e burocracias do edital que segue as regras da Lei Estadual de Incentivos ao ICMS. Segundo os presentes, muitos dos projetos desenvolvidos no município não possuem os documentos necessários, como CNPJ e CAGED, e nem tempo para se organizar e se candidatar para a proposta do edital da LafargeHolcim, já que o período de inscrição termina no próximo dia 30 de julho. 

De acordo com vereador Eduardo Pinto, a organização é fundamental para que quando oportunidades como essa apareçam, todos estejam preparados e em condições de captar recursos e que poder público, Prefeitura e Câmara, podem dar condições para capacitação e treinamento.

“Eu vejo aqui que 99% não está adequado para este edital. Mas a questão é que não acaba neste edital. Se quisermos desenvolver o esporte de alguma maneira é se organizando. A única forma de financiamento neste país hoje é pela Lei de Incentivo. Quero deixar aqui a disposição para contratar um palestrante ou uma pessoa para dar um treinamento, se houver interesse de vocês. E dependendo do quanto isso custar, temos a intenção de ter uma pessoa para ajudar no dia a dia com a elaboração dos projetos, já que isso não é a especialidade de vocês ” disse o vereador durante a reunião.

Lei de Incentivo ao Esporte

Sancionada em dezembro de 2006, a Lei estimula pessoas e empresas a patrocinar e fazer doações para projetos esportivos em troca de incentivos fiscais. A lei foi publicada no dia 31 outubro de 2009 e sua  última modificação aconteceu em 23 de dezembro de 2017.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *