Compartilhe:

Um dos pontos turísticos com grande potencial de Barroso, a Torre de Tv, que fica na zona rural da cidade e de fato é um cartão postal do município, tem sido alvo de aglomerações durante a pandemia.

De acordo com relatos, fotos e vídeos enviados ao Barroso EM DIA, inúmeras pessoas estão procurando o espaço para tentarem driblar a quarentena na cidade. Com isso, estima-se que centenas de barrosenses e visitantes estão indo para a Torre nos finais de semana e até dias úteis, principalmente no fim da tarde.

“Amo o pôr-do-sol, adoro ir a Torre, mas cheguei lá na sexta-feira e voltei correndo para a casa de tanta gente”, diz uma cidadã barrosense que tem o costume de ir ao local.

Indagado em entrevista a Rádio Atrativa FM, o Prefeito de Barroso, Reinaldo Fonseca (PSDB), disse que é muito triste ver essa atitude dos barrosenses, mas não tem como coibir porque se trata de um lugar distante e não tem funcionários para fiscalizar estes lugares.

“Se as pessoas não fizerem a sua parte, não vamos conseguir vencer esse vírus. Isso não depende só dos governantes, depende muito mais das próprias pessoas”, diz o Prefeito que acrescentou que talvez a Polícia possa fazer essa fiscalização.

PONTO TURÍSTICO

Uma equipe de amigos tem feito um grande trabalho de revitalização da Torre de Tv e transformando o local em um verdadeiro ponto turístico barrosense. Só nos últimos meses instalaram bancos, uma enorme cruz e essa semana será instalado um catavento.

“Estamos empenhado já alguns meses neste projeto e também lamentamos as aglomerações neste momento. Só quero deixar claro para a população e autoridades que o nosso trabalho não tem nada a ver com essa aglomeração”, diz um dos membros que prefere não se identificar.

1 comentário

  1. Pelo menos estão fazendo algo que a Prefeitura não esta – conservação e revitalização.
    As ruas da cidade estão com maior aglomeração dos últimos dias.
    O comércio, maioria que se encontra aberto, não estão seguindo as regras necessárias.
    E ai…….?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *