Compartilhe:

Uma ação da Polícia Civil culminou na apreensão de cerca de 200kg de maconha na região de Torreões, Zona Rural de Juiz de Fora, nesta segunda-feira (1º). As investigações apontam que os entorpecentes seriam de uma organização criminosa que estaria usando propriedades rurais no entorno da cidade para esconder drogas. Um homem de 53 anos foi preso durante a operação.

A manobra desencadeada na segunda-feira (1) contou com equipes da Delegacia Especializada Antidrogas (DEA) e da 1ª Delegacia Distrital, sediada no Bairro São Mateus, Zona Sul de Juiz de Fora. Segundo o delegado Rafael Gomes, titular da DEA, as apurações envolvendo o grupo criminoso começaram em março. Já se sabe de onde a droga vinha e também que era seria escoada em Juiz de Fora, abastecendo diversas bocas de fumo. “Apuramos que esta organização criminosa se valia de pequenos produtores rurais e pessoas humildes, se aproveitavam de uma certa vulnerabilidade deles, para guardar as drogas em propriedades rurais, dificultando assim o trabalho da polícia”, disse o delegado, acrescentando que estas pessoas recebiam para armazenar os tóxicos.

O delegado destacou que os tabletes apreendidos estavam enterrados. Na casa do suspeito, os policiais encontram um revólver calibre 22, munições e R$ 1.900 em dinheiro. Havia um mandado de prisão contra o homem. “As investigações continuam em andamento para identificar outros membros da organização criminosa e outros locais onde as drogas estão sendo escondidas”, destacou Rafael Gomes.

Apreensão é a maior do ano feita pela Polícia CIvil

O delegado regional de Juiz de Fora, Armando Avólio Neto, destacou que esta é a segunda apreensão de grande quantidade de entorpecentes na cidade neste ano. Durante diligências, no dia 23 de maio, policiais civis da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos também encontraram cerca de 180 quilos de maconha, crack e três armas de calibres restritos e munições. O policial frisou que outras diligências como essas serão realizadas no município e região com o intuito de retirar de circulação armas e drogas e de combater o tráfico.

Informações Tribuna de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *