Compartilhe:

A urna e a apuração já eram eletrônicas. Agora, mais uma fase importante do processo eleitoral se encaminha para o meio digital. E tende a transformar em coisa do passado as convenções presenciais com faixas e festa para aclamar os candidatos escolhidos para o pleito. Três em cada 10 mineiros não têm acesso à internet.

Com a pandemia, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou a realização de eventos remotos para a homologação das chapas que concorrerão na disputa municipal deste ano. E é exatamente como os principais partidos da disputa pretendem cumprir a exigência. Já se preparando para uma campanha que, com as recomendações de saúde, tende a também se concentrar na esfera virtual.

As legendas aguardam apenas pela confirmação do adiamento do primeiro turno e a definição sobre os prazos para fechar os planos. Há quem ainda cogite a possibilidade de reunião da militância de acordo com a evolução da situação de saúde, mas como plano B. E outros se adiantaram ao apostar na tecnologia para manter a atividade política no período.

Adiamento depende de aprovação do Congresso

Por se tratar de artigo da Constituição Federal, a mudança nas datas da eleição municipal deste ano depende da aprovação de uma proposta de emenda (PEC) pelo Congresso Nacional. O que, tudo indica, será apenas uma formalidade. Depois de conversa entre o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso; os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) especialistas em saúde e líderes partidários, ganhou força a ideia do senador Eduardo Braga (MDB-AM) de um intervalo de 15 dias entre primeiro e segundo turno, que ocorreriam, respectivamente, em 15 e 29 de novembro.

Entre os aspectos que deverão ser analisados está a mudança, ou não dos prazos para convenções e inscrição das chapas. Além disso, será necessário elaborar normas que possibilitem a proteção do eleitor e reduzam riscos de contágio pelo novo coronavírus na ida às urnas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *