Compartilhe:

O número de pacientes internados no sistema público de saúde em Minas Gerais vem crescendo praticamente no mesmo ritmo de casos confirmados de coronavírus. O Estado ultrapassou nessa terça-feira (23), pela primeira vez desde o início da pandemia, 90% de taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), neste momento, nos leitos disponíveis da rede SUS, há 2.631 pacientes internados (90,66%). Ao todo, 475 pacientes com confirmação ou suspeita de Covid-19 estão nesses locais, ocupando 16,37% deles.

Das 14 macrorregiões do Estado, quatro já atingiram 100% dessa ocupação: Vale do Aço, Triângulo do Norte, Leste e Nordeste. No Sudeste essa taxa está acima dos 90%.

Com relação aos leitos de enfermaria, a taxa de ocupação já atinge 75,70%, de acordo com dados da SES. Dos 9.201 doentes internados, 1.338 tem suspeita ou diagnóstico de Covid-19, ocupando 11,01% das unidades disponíveis no sistema público do Estado.

Das 14 macrorregiões, Centro e Triângulo do Norte atingiram a capacidade máxima. Entre as demais, a taxa está abaixo de 70%.

BARBACENA

A situação na região do Campo das Vertentes, de acordo com profissionais da saúde, ainda é tranquila e a taxa de ocupação, incluindo clínicos e UTI, é de 40%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *