Compartilhe:

Quando a reportagem traz a informação de que o sarrafo subiu é porque, de fato, o nível aumentou. Além dos grandes nomes da cidade e região, mais os jogadores da zona da mata, o tradicional Futsal de Verão, que completa 30 anos em janeiro de 2025, tem na sua disputa seis atletas do time do América Mineiro no futsal.

Pelo Canal, de Barbacena, atuam Tchola, Diogo, Trevenzoli e João Pedro, que vai estrear nesta temporada. Já pelo TDB, de Barroso, estão no Coelho os jogadores Cebolinha e Lucas.

Vareta, de Ressaquinha, também já atuou no América Mineiro. A competição tem outros craques jogando pelo Brasil. No próprio Canal, Lion é atleta da Associação Esportiva Uruguaiense. Já Caique, da Cohab, de Barroso, estava no Minas Tênis Clube, mas vai para Brasília. A competição também conta com o ex-jogador profissional Ramon Pavão, que está no TDB e já jogou para diversos clubes do Brasil e até no futebol tailandês, referência no futsal. Thiago Inácio, do TDB, também joga profissionalmente pela Associação Serafinense de Futsal (ASF), no futebol do Rio Grande do Sul. Ele já teve passagens pelo futebol internacional também.

Em 2024, o América entra em campo para disputar o Campeonato Brasileiro de Futsal, Copa Metropolitana BR Futsal e Campeonato Estadual.

GRANDES NOMES

Com este portfólio, o futebol de salão, que vem crescendo desde a sua primeira edição em janeiro de 1995, hoje ocupa lugar de destaque no cenário estadual de futsal. “Por aqui já passaram grandes nomes que vieram de fora como Slovan, Tuca, Tel, Joãozinho, Ricardinho, Charles, Careca, André Luiz, enfim, grandes nomes de fora, que ao lado de craques barrosenses como Ferreira, Marquinhos, Serginho, Derblando, Lu, Preto, Leleco, Agnaldo, Marcelo e Edmarzinho fizeram com que chegássemos a este patamar atual”, diz o jornalista Bruno Ferreira que cobre a competição desde a sua primeira edição.

“Essa moçada nova tem que entender que existe uma história sendo escrita e o que vemos agora, este campeonato em alto nível, é fruto de uma semente plantada lá atrás, na década de 80 e 90 quando os campeonatos ainda eram no Clube Recreativo Barrosense (CRB)”, diz Bruno que hoje é narrador do barrosoemdia e transmite os jogos via YouTube.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *