Compartilhe:

Um estudo divulgado na última quarta (29), realizado pelo Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão em Economia (Nepe) da Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ), mostra que o ritmo de crescimento da pandemia de Covid-19 é diferente nos municípios da região.

Barroso, Barbacena, Carrancas, Madre Deus de Minas e Santa Cruz de Minas, aponta ritmo de elevação. Já Lavras, Tiradentes, Ritápolis e São Tiago registram tendência de redução. São João del-Rei registra tendência de estabilidade de contágio.

Segundo o estudo, isso ocorre porque São João del-Rei teve uma média móvel de 5,6 novos casos por dia na última semana, contra 6 casos por dia na semana anterior. Uma redução de apenas 7,14%, que manteve os números em patamar alto, mas parecido.

A média móvel é um indicador de como a pandemia está se propagando e consiste na média dos últimos sete dias. Em Barroso, por exemplo, ela saltou de 1,86 caso por dia na semana do dia 13 de julho para 5,14 na semana passada. Em Lavras, houve redução de 7,29 para 2 novos casos por dia.

Informações Notícias Gerais

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *