Compartilhe:

A Polícia Militar de Barroso, através do Tenente Wander, informou a reportagem do barrosoemdia que vem crescendo o número de ocorrências relacionadas ao Golpe do Nudes na cidade. De acordo com  o Tenente, mais vítimas têm procurado, nos últimos dias, o 2º Pelotão de Barroso, para registrarem boletins sobre os casos no município.

E o Golpe, que acontece em todo o mundo, funciona da seguinte forma: o golpista cria um conta fake nas redes sociais, se passando por uma menina nova, faz amizades com possíveis vítimas, e espera que as própria vítimas puxem conversa nas redes sociais. Assim, depois de trocarem muitas mensagens e ganharem a “confiança” da vítima, eles começam a trocar nudes (fotos sem roupa).

Se passando por uma menina menor de idade, o golpista entra em ação e começa a tentativa de extorsão da vítima, ou seja, após receberem as imagens – os famosos “nudes” – os criminosos buscam extorquir dinheiro ou outro bem para que as imagens não sejam reveladas. Eles, as vezes se passando pelo pai da menina, ameaçam ir a delegacia prestar queixa. Assim, como medo, a vítima acaba realizando transferências em dinheiro para as vítimas.

Além de responder um processo cível, a pessoa que divulga fotos, distribui ou compartilha imagens de cenas de sexo, estupro ou nudes, sem o consentimento da vítima, incorre no crime tipificado no artigo 218-C do Código de Processo Penal. Tal tipificação encontra-se na nova lei de importunação sexual, Lei nº 13.718/2018 que altera o código penal e incrimina algumas condutas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *