Compartilhe:

De acordo com dados da Associação Mineira de Municípios (AMM), o Governo de Minas Gerais, através do seu Governador Fernando Pimentel (PT), deve cerca de R$ 11 bilhões aos municípios. 

Um valor que deixa pequenas cidades; como Barroso, por exemplo, em situação desesperadora. A dívida está prejudicando os serviços prestados à população e impedindo a maioria das prefeituras mineiras de manter suas obrigações em dia.

Diante do problema, que já perdura por alguns meses, prefeitos da região Zona da Mata e Campo das Vertentes gravaram um depoimento de protesto nos últimos dias. 

Entre eles; está o Prefeito de Barroso, Reinaldo Fonseca (PSDB), que no vídeo produzido pela Associação dos Municípios da Microrregião do Campo das Vertentes (AMVER), fala dos valores e das dificuldades da cidade com relação a saúde e educação. 

E mais, Aurélio Suenes, Prefeito de Resende de Costa, fala que a cada 10 cidades mineiras, apenas duas devem pagar o décimo terceiro salário nos próximos dias. 

Sobre o décimo,a Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal informou que a partir desta quarta-feira (20), o Executivo irá ter condições de dar um posicionamento definitivo, pois está esperando o pagamento do Fundeb. Falta o pagamento da segunda parcela, a primeira foi paga em junho. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.