Compartilhe:

Segundo dados do Cartório Eleitoral de Prados, ao qual agora pertence a cidade de Barroso, o município barrosense tem 2 mil e 130 títulos de eleitor cancelados. E mais, são 169 cidadãos com o documento suspenso. Ao todo, 2 mil e 299 barrosenses não têm condições, hoje, de votarem no próximo pleito.

Ainda de acordo com as informações do Cartório, a maioria dos irregulares se deve a ausência as urnas por três pleitos consecutivos. Óbitos não repassados e processados na justiça eleitoral, assim como condenações, estão entre o total de inaptos na cidade.

No que se refere aos dados estaduais, em Minas Gerais, 1.231.568 eleitores precisam regularizar o título de eleitor. O prazo para a regularização do documento termina no dia 4 de maio e ela pode ser feita totalmente online. No caso de Barroso, basta clicar aqui ou então procurar o Cartório Eleitoral na cidade de Prados.

Apesar do alto número de irregulares em Barroso, a cidade tem hoje 17 mil e 208 pessoas em condições de exercerem o seu direito ao voto. A próxima eleição será presidencial, em outubro deste ano. No último pleito – eleições municipais – 17 mil e 198 barrosenses estavam aptos a votar.

VOLUNTÁRIOS

Para aqueles que desejam ser mesários nas eleições, favor entrar em contato com o Cartório, em Prados, ou, então, procurar Séfora Moreira, na Câmara Municipal. Séfora também auxilia na regularização do título de eleitor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.