Compartilhe:

Segue em ritmo acelerado a vacinação contra a COVID-19 em Barroso. Com a inserção de novas categorias de trabalhadores na lista de grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde, o Município começa a semana vacinando mais barrosenses.

Seguindo o Plano Nacional de Imunizações, serão vacinados trabalhadores de 39 a 59 anos de segmentos definidos pelo Ministério da Saúde das seguintes setores de acordo com o Cadastro Nacional de Atividades Econômicas (CNAE):

Trabalhadores de 39 a 59 anos dos setores: 

– Produção Florestal (CNAE 210107, 210108, 220901, 220902 e 220904)

– Eletricidade, Gás e outras (CNAE 35)

– Captação, tratamento e distribuição de água (CNAE 36)

– Coleta, tratamento e disposição de resíduos (CNAE 38)

– Descontaminação e outros serviços de gestão de resíduos (CNAE 39)

– Reparação de veículos automotores e motocicletas (CNAE 45)

– Transporte Terrestre (CNAE 49)

– Armazenamento e Atividades Aux. dos Transportes (CNAE 5221400)

– Correios e serviços de entrega (CNAE 53)

– Alimentação Fornecimento de Alimentos preparados preponderantemente para empresas (CNAE 5620101)

– Ativ. Cinematográficas, prod. de vídeos e de prog. de TV; gravação de som e edição de música (CNAE 5911101)

– Telecomunicações (CNAE 60)

– Arquitetura e Engenharia (CNAE 7112000 e 7119704)

– Aluguéis não mobiliários (CNAE 7732202)

– Educação (CNAE 8599699)

– Atividades ligadas ao Patrimônio Cultural e Ambiental (CNAE 9102302)

Os trabalhadores destas atividades devem apresentar original e cópia da carteira de trabalho ou contracheque com documento de identidade e a cópia do Cartão CNPJ da empresa constando o CNAE e sua descrição.

 A campanha no Ceclans, nesta segunda-feira (14), em formato Drive-Thru, de 9h às 12h. Além dos documentos profissionais devem levar documento original e cópia com foto que comprove a idade, CPF, cartão SUS, cartão de vacina, cópia e original do comprovante de residência (especificamente obrigatório) e caneta.

Atenção! Uma informação importante é a determinação do Ministério da Saúde de que os trabalhadores destes setores devem ser vacinados na cidade de local do trabalho. Com isso, barrosenses que trabalham em outros municípios, como por devem se vacinar na cidade em que trabalham, por determinação do Plano Nacional de Imunizações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *