Compartilhe:

Minas Gerais enfrenta a escalada da curva de casos de contaminação pelo novo coronavírus e esse crescimento ainda deve se manter. Para o governador Romeu Zema (Novo), os dias até o pico das mortes e dos registros de infecção, previsto para o próximo dia 15, serão essenciais.

“Vencemos muitas batalhas, mas a guerra está longe de terminar — e ainda vai levar alguns meses. O fato de termos ido bem até aqui parece que criou uma sensação de ‘já ganhamos o jogo’, mas não ganhamos. As pessoas precisam, mais do que nunca, abraçar a causa, pois é agora que o número de casos tem crescido”, destacou Zema em entrevista ao jornal Estado de Minas.

A estratégia do governo estadual mira os dias que antecedem o ponto alto da curva. “Teremos 20 ou 25 dias cruciais. Agora é a hora da verdade. Se a curva crescer mais que o esperado, poderemos enfrentar dificuldades. Estamos fazendo de tudo para chegar no dia 15 dentro de uma situação suportável”, explicou o governador.

CASOS EM MINAS

28 mil 989 – CASOS CONFIRMADOS – 701 MORTES
Nesta manhã de terça-feira (23).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *