Compartilhe:

Em comemoração ao aniversário de 307 anos de São João del-Rei, o Museu Regional, a partir do dia 08 de dezembro, inaugura a mostra virtual “Largo Tamandaré Metamorfoses”. A exposição é composta por mais de 30 fotos e outros materiais selecionados pela equipe do museu, além das imagens vencedoras do concurso de fotografia realizado durante o mês de novembro.
As imagens expostas, datadas entre as décadas de 1870 e 2010, pertencem ao acervo do museu, a outras instituições e arquivos públicos e também a coleções particulares. A mostra visa retratar a história, a relação da comunidade com o local e, principalmente, as mudanças arquitetônicas que a Praça Severiano de Resende passou ao longo das décadas.

Desde o início de 2020, devido às normas de segurança adotadas por conta da pandemia do novo Coronavírus, o Museu Regional migrou suas atividades para o meio digital e vem realizando eventos virtuais e gratuitos.
Relacionar o museu com seus arredores é importante para a consolidação para integrar e gerar maior interação do Museu com a comunidade local. Como enfatiza a diretora da instituição, Eliane Zanatta, “a praça do Largo Tamandaré é como se fosse parte da Casa do Comendador João Mourão, que hoje sedia o museu. O espaço valoriza a edificação em meio ao ambiente urbano, e esteve, está e estará presente nas funções de socialização.”

Dessa forma, outro propósito da mostra é representar a maneira como os moradores da cidade enxergam esse espaço. Eliane acredita que a exposição pode contribuir para esse novo olhar do público para a Praça Severiano de Resende. “A exposição pretende explorar os mais diversos ângulos relacionados à estética e à memória, trazendo novas perspectivas que muitas vezes passam despercebidas no dia a dia da própria comunidade”.
A mostra online pode ser acessada até o dia 08 de março de 2021, através do site do Museu Regional de São João del-Rei:
https://museuregionaldesaojoaodelrei.museus.gov.br/

O Museu
Aberto à visitação pública a partir de 1963, está localizado na antiga residência do comendador João Antônio da Silva Mourão (1806-1866), importante comerciante da cidade no período final da produção de ouro. Após a conclusão das obras, em 1859, o comendador instalou sua família na mansão, no segundo e terceiro pavimentos, e a loja de secos e molhados ficou no primeiro andar.

O Museu Regional de São João del-Rei apresenta uma exposição de aspectos do cotidiano no comportamento e nos costumes dos séculos XVII ao XX, retratados em móveis, utensílios, meios de transporte, imagens religiosas e pinturas. O objetivo do acervo montado é contar um pouco da intimidade e do modo de vida dos mineiros no período colonial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *