Hospital Ibiapaba pode fechar as portas. Entenda

Compartilhe:

A Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Barbacena, representada pelos vereadores Edson Rezende, Milton Roman e José Newton, reuniu-se, na última terça-feira (10) com o diretor-geral do Hospital Ibiapaba/CEBAMS, Luiz Eduardo Grisolia e a diretora administrativa do Hospital, Karla Andreza.

Esteve na pauta da reunião, a urgência da recuperação financeira do Hospital que sofre pela falta de pagamento do Extrateto, referente aos serviços prestados ao SUS, e que ultrapassam um teto financeiro definido pelo próprio sistema.

As internações destes pacientes é autorizada e auditada pelo SUS, mas simplesmente não são pagas, o que perfaz um terço do faturamento de todos os serviços.

A Comissão buscou em conjunto, possíveis formas de cooperação do município para a recuperação financeira do Hospital Ibiapaba/CEBAMS que atende pacientes, principalmente, das áreas de cardiologia e oncologia, consideradas de alta complexidade.

Entendendo a História

O Ibiapaba, também denominado CEBAMS, é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos que vem apresentando dados de uma crise desde 2013. Tanto o Município, quanto o Estado deixaram de repassar parte do recurso do Extrateto, o que tem onerado a instituição em dívidas e com isso, comprometendo a estrutura e serviços para o atendimento ao público.

Em 2017 a Secretaria de Saúde deixou definitivamente de repassar o recurso, justificando que o Estado não estava mais pagando. A diretoria da instituição solicita à Câmara que o chamado Extrateto seja incorporado ao orçamento, através de emenda, já que a análise da série histórica de atendimentos comprova a necessidade destes recursos, para o provimento das demandas dos usuários que chegam ao CEBANS.

Ação Legislativa

A Câmara Municipal aprovou em julho deste ano, uma lei permitindo o adiantamento de repasse ao hospital, porém, o recurso encontra-se ainda retido. A Comissão de Saúde trabalhará junto ao Conselho Municipal de Saúde e ao Executivo Municipal para que se inclua definitivamente o Extrateto no Orçamento e se faça o repasse de um montante de recursos, como incentivo municipal, já solicitado anteriormente. Sem essa cooperação, a diretoria se vê na iminência de fechamento das portas do Hospital.

Informações Folha de Barbacena

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.