Despedida de Pe. João teve participação da Câmara Municipal. Veja discurso do presidente

Compartilhe:

Na noite desse domingo (7), foi celebrada na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, no Jardim Bandeirantes, a missa de ação de graças e despedida do sacerdote Pe. João Rodrigues de Paula. O Presidente da Câmara Municipal de Barroso, Vereador Eduardo Pinto, esteve presente e discursou em nome do Legislativo. Os Vereadores Anderson de Paula, Kiko do Bedeschi, Leone Nascimento e Baldonedo napoleão também compareceram à celebração.

A cerimônia teve diversas homenagens ao religioso, que esteve à frente da Paróquia de Nossa Senhora do Rosário de Fátima desde sua fundação, no ano de 1999. A partir de agora, Pe. João Rodrigues de Paula estará à frente dos trabalhos da Paróquia de Nossa Senhora das Dores, na vizinha cidade de Dores de Campos.

Em seu discurso, o Presidente Eduardo Pinto falou especialmente sobre o trabalho do sacerdote em Barroso, ressaltando o constante crescimento da Paróquia. Confira a íntegra do discurso a seguir:

“O Papa Teodoro I foi o septuagésimo terceiro Pontífice da Igreja Católica. Eleito no dia 24 de novembro no ano de 642 teve como um de seus grandes legados a reorganização da jurisdição interna do Clero. Exatos e distantíssimos 1317 anos depois, no mesmo dia 24 de novembro, mas de 1959, nascia em Barroso João Rodrigues de Paula que 40 anos depois teve propósito divino semelhante ao do Papa Teodoro I.

A missão divina de João, depois de muitos anos dedicados às Paróquias da Diocese, era multiplicadamente árdua. Erguer junto a diversos homens e mulheres de Deus uma nova Paróquia por si só já não é tarefa simples; fazer isso em sua cidade natal, sob o olhar julgador de muitos, ainda mais complicado; acolher milhares de fiéis fervorosos de uma padroeira, Sant’Ana, com mais de 250 anos de História, cujo Município todo se construiu em torno de sua devoção, tornou a Missão ainda mais importante.

Assim como na Bíblia coube ao discípulo João tomar conta de Maria, mãe de Jesus; em Barroso coube a outro João zelar pela Casa da mãe do Filho de Deus na cidade. E hoje lá do alto é Ela quem zela não só por seus filhos paroquianos, mas por todos seus filhos barrosenses.

Nestes 20 anos seguindo o propósito divino, a igreja se solidificou e desempenha seu papel de evangelização. Seus devotos fidelizam cada dia mais empenho por esta Paróquia que só cresce.

Reconheçamos sempre: a atuação de Padre João foi decisiva para esta consolidação da carinhosamente conhecida Igreja de Fátima. Sua dedicação incontestável. Seu zelo popularmente conhecido. Seu jeito discreto que transforma palavras em sentimentos de fé e esperança, conforme muitos de seus fiéis mesmos me disseram.

Padre João, amigos barrosenses. Em sua primeira aparição na freguesia de Fátima em Portugal no ano de 1917 a Virgem Maria foi identificada como a “Senhora do Rosário”. Os relatos dão conta que apresentava nesta primeira aparição um insistente pedido de oração, o mesmo que fazemos para o Padre João hoje aqui esta noite.

Orar em agradecimento pelo trabalho realizado; orar para que sua nova Missão possa ser profícua; orar para que seu propósito divino seja sempre cumprido; enfim, orar para que seus fiéis acalmem seus corações e aceitem os propósitos de Deus.

Hoje, fica o inegável sentimento de tristeza para todos nós, mas as incertezas de 20 anos atrás, com a divisão das paróquias, é apenas História.

Por tudo isso, “sob o manto da Mãe, e da própria Maria”, o filho da “cidade Cristã” provou seu valor. Prossiga em Paz Padre João. Obrigado por tudo em nome da Câmara Municipal de Barroso. Boa noite a todos”.

Informações Câmara Municipal de Barroso

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.