Projeto com participação de barrosense vem mudando a vida dos idosos

Reprodução: Tv Campos de Minas

Permitir que a mudança faça parte da vida. Com essa ideia, os alunos do curso de Educação física do UNIPTAN, Isabela Silveira e Rhandy Vale Souza, estão escrevendo uma página importante na vida de muitos idosos do Albergue Santo Antônio em São João del Rei.

O Projeto Permita-se, elaborado pelos alunos, tem como objetivo principal levar qualidade de vida e auto estima aos idosos através da reabilitação e do fortalecimento muscular.

Para a aluna Isabel Silveira, uma das idealizadoras do projeto, a ideia surgiu durante uma conversa em sala de aula onde vieram os questionamentos sobre o papel enquanto estudantes. “O que estávamos fazendo na faculdade? Qual era o nosso papel na sociedade? Somente se formar e se tornar um profissional na área era pouco, queríamos fazer algo mais. Então nós nos perguntamos: O que nós podemos fazer para mudar isso? Pensamos então no albergue Santo Antônio e percebemos que poderíamos mudar a forma tratar os idosos. Melhorando a qualidade de vida deles”, diz Isabel.

Surgiu então a ideia da reabilitação destes idosos aplicando os conhecimentos adquiridos em sala de aula de uma maneira especial, ajudando os idosos a não perderem massa muscular, um fenômeno chamado “sarcopenia”.

Para Rhandy Vale, outro idealizador do projeto, trabalhar a perda de massa muscular dos idosos é de extrema importância para a qualidade de vida deles. “Nós vamos intervir no processo de prevenção e no tratamento da Sarcopenia e como vamos fazer isso? Trabalhando a musculatura desses idosos. A perda de massa muscular se acentua muito com a idade e afeta de maneira muito acentuada a qualidade de vida”, diz o barrosense que ainda acrescenta que o projeto vai proporcionar uma experiência única durante o curso “Este projeto vai servir como experiência para o futuro. Eu posso tratar patologias e fazer iniciações científicas com este projeto. Isso vai me ajudar tanto na vida acadêmica quanto na minha vida profissional”, relata.

Para o coordenador do curso de Educação Física, Rubens Bagni Torres, o projeto é um passo importante que vai de encontro a missão do UNIPTAN, através da pesquisa, ensino e extensão, que permite aos alunos contribuir positivamente para uma mudança social.

Confira a matéria da TV Campos de Minas: