NHÁ CHICA: A BEATA MINEIRA

fotps antigas  baependi 260

 

No próximo sábado (4), acontece em Baependi (MG) a cerimônia de beatificação de Francisca Paula de Jesus, mais conhecida como Nhá Chica, a primeira beata negra nascida no Brasil.

A beatificação foi possível graças ao reconhecimento de um milagre atribuído a Nhá Chica assinado em junho do ano passado pelo Papa Bento 16.

O milagre seria a cura, sem cirurgia, de uma doença de coração sofrida pela professora Ana Lúcia Meirelles Leite, de Caxambu (MG). Para ser elevada a santa, é necessário que o Vaticano reconheça um segundo milagre atribuído a beata.

Nhá Chica nasceu em São João del Rei em 1808 e morreu em 1895 em Beapendi, era neta de escravos, analfabeta e solteira. Foi chamada de “mães dos pobres” pela dedicação e caridade com que cuidava dos mais carentes.  Chegou a construir uma pequena igreja ao lado de sua casa, onde rezava para a imagem de Nossa Senhora da Conceição.

 

 

 

Maria Cecília – Estagiária – UFSJ