Jovem combina carona compartilhada por rede social e é estuprada

A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu no  bairro Jaraguá, na Pampulha, em Belo Horizonte, um homem de 35 anos por suspeita de estupro. Segundo a Polícia Civil, uma jovem de 20 anos, vítima dele, denunciou o caso. O suspeito nega todas as acusações.

De acordo com a PC o homem conheceu a vítima por meio de um grupo de caronas organizado no Facebook. Na rede social, ele se candidatou a levar a jovem à cidade de Ouro Branco. Após combinarem a viagem, o suspeito parou seu carro em um lugar ermo, no município de Ouro Preto, onde teria violentado a garota. Segundo a Polícia Civil, ele usou uma arma de fogo para coagir a vítima.

Depois do crime, o homem ameaçou a vítima diversas vezes por mensagens enviadas por um celular. Nelas, ele amedrontava a vítima para que ela não o denunciasse.

Diante da estratégia adotada pelo homem, a Polícia Civil pressupõe que o mesmo processo tenha sido usado para estuprar outras pessoas. Na versão da instituição, o suspeito participava de vários grupos de carona entre as cidades de Belo Horizonte e região de Conselheiro Lafaiete.

Com isso, o órgão quer incentivar outras possíveis vítimas a delatarem o suspeito. Para isso, é preciso procurar a unidade da Polícia Civil mais próxima , em Lafaiete à rua Rodrigues Maia, 455, bairro Angélica, ou denunciar por meio do Disque Denúncia Unificado, pelo número 181 ou 3769-1200.

Fato Real