SUSPEITA DE DENGUE

mosquito

No dia 18 de abril, os agentes da Vigilância Epidemiológica de Barroso fizeram uma pesquisa larvária em um terreno situado atrás do antigo Posto de Combustível “Lisboa”, próximo ao trevo, e recolheram larvas em pneus e outros depósitos.

Após exames laboratoriais foi constatado que eram larvas do mosquito Aedes Aegypti transmissor da Dengue. Com isso, ficou confirmado mais uma vez que, ao contrário do que muitos pensam, Barroso tem sim a presença do mosquito Aedes Aegypti.
A Vigilância Epidemiológica recebeu até hoje (26), notificação de 10 casos de dengue importada, isto é, pessoas que residem em outras cidades e foram contaminadas, ou pessoas que vão trabalhar ou passear em localidades infestadas e são contaminadas.
Sobre possíveis casos de dengue na cidade, a Vigilância informou que uma jovem está com suspeita de Dengue. Todas as providências já foram tomadas, consulta médica, sorologia e a Vigilância aguarda agora o resultado dos exames laboratoriais.