Dona Maria Aparecida Viana, 100 anos de história

Na noite dessa terça-feira, 10 de abril, a barrosense Maria Aparecida Viana, comemorou nada menos que seus 100 anos de vida, em uma festa promovida pelo Instituto ABC. A centenária recebeu diversas homenagens, entre elas o seu nome estampado no Telecentro do ABC, que ministra aulas de informatica para alunos da terceira idade. O evento contou com a presença do Prefeito Reinaldo Fonseca(PSDB), da Vereadora Verinha, a filha da aniversariante, Maria de Lourdes, além de amigos e alunos do instituto.

Durante o evento, Luciano Nogueira, Coordenador do Instituto ABC, agradeceu a presença de todos e destacou a história e exemplo de vida de Dona Maria,principalmente, no que diz respeito a educação e a vontade de aprender. Aos 90 anos, Maria decidiu se dedicar aos estudos e aprendeu, ao lado da filha, a ler e a escrever.

“Hoje ela é uma pessoa com auto-estima, que tem uma vida normal, ativa, cuida da casa e ficamos felizes em saber que um pouquinho do nosso trabalho ajudou que ela tivesse essa autonomia. Acho que o sentido real de se educar é a pessoa ter autonomia, buscar os seus sonhos como ela fez” declarou Luciano.

IMG_0729

HISTÓRIA

Barrosense de coração, Dona Maria nasceu em 10 de abril de 1918, em Conceição do Formoso, Distrito de Santos Dumont(MG). Criada na roça e acostumada com o trabalho pesado na lavoura, nunca teve oportunidade de estudar enquanto moça. A vontade de aprender a ler e escrever foi sendo levada pela vida, porém nunca esquecida.

Casou-se ainda cedo, aos 16 anos, em 13 de junho de 1934, com o Sr. José Gonçalves Viana, no arraial onde moravam.

Aos 23 anos, Maria Aparecida teve sua única filha, a quem deu o nome de Maria de Lourdes. No ano de 1973 ela veio para Barroso para poder cuidar da saúde do marido, que faleceu seis anos mais tarde. Decidida a continuar na cidade, morou sozinha durante oito naos no bairro Jardim Europa, depois se mudou para a Vila da Sociedade de São Vicente de Paulo, no bairro Dr. José Guimarães, onde viveu por quase 30 anos. Foi lá, em meados de 2008, que seu antigo sonho de frequentar a escola ganhou vida nova, aos 90 anos de idade. Dona Maria foi convidada pelo Coordenador do Instituto ABC, Luciano Nogueira, para participar das atividades de alfabetização.

IMG_0501
Dona Maria na sala de aula

Através da instituição, fez pela primeira vez, sua carteira de identidade. Na mesma época, sua filha veio viver em Barroso, a convite da mãe, logo depois de também ficar viúva.

Em 2010, mãe e filha realizam outro grande sonho, o da casa própria. O desejo do “cantinho” foi construído com a ajuda de seus amigos do Instituto ABC, no Bairro João Bedeschi . Nos três anos seguintes, Dona Maria passou por problemas de saúde e precisou se afastar da escola, porém nunca mais se sentiu só, pois sempre recebia a visita de amigos. Recuperada, voltou ao ABC em 2014.”As pessoas falam pra que estudar com essa idade?, mas eu gosto, acho importante”, declarou Dona Maria.

Sobre Barroso, a cidade que escolheu para viver, a simpática senhorinha simplesmente disse: “Eu gosto daqui. Gostei das pessoas daqui e não tive vontade de sair mais”.

Atualmente, momentaneamente afastada da sala de aula, Dona Maria continua a participar das atividades sociais e culturais promovidas pelo Instituto ABC, entidade que juntamente como o povo de Barroso ela aprendeu a amar e respeitar.

Confira as fotos da festa