Chuva causa transtornos em Barbacena

O Corpo de Bombeiros de Barbacena registrou queda de fiação elétrica e de árvores, com interdição de estrada vicinal, em diferentes bairros das áreas urbana e rural durante chuva na noite de segunda-feira (6).

De acordo com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), foram cerca de 12 mil clientes afetados por causa das ocorrências durante a chuva na cidade. Ainda será informado como está sendo o atendimento aos registros.

Segundo a Defesa Civil, foram sete ocorrências, como queda de muros, destelhamento e deslizamento em barrancos, porém sem gravidade. Não houve registro de desalojados.

De acordo com os dados da estação automática no site do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), foram 25,6 milímetros de chuva, sendo que 23,8 milímetros foram registrados em uma hora. Segundo o Instituto, a previsão de chuvas isoladas e de tempo instável deve permanecer até sexta-feira (10).

Quedas de árvores e postes

O Corpo de Bombeiros esteve na localidade dos Costas onde a queda de três árvores de grande porte causou a interdição da estrada vicinal que liga ao Distrito de Senhora das Dores. Segundo a corporação, as árvores foram cortadas.

Conforme os Bombeiros, três postes de energia se partiram e caíram também sobre a estrada, assim como a lama que desceu das encostas, impedindo o tráfego de veículos. Cerca de 20 moradores tiveram que deixar os carros na beira da estrada e caminhar cerca de 500 metros para chegar à localidade.

A estrada, o acesso à igreja local e à escola rural estão interditados. Os Bombeiros informaram que solicitaram apoio da Cemig e da Subsecretaria de Trânsito e Mobilidade Urbana (Sutram) para sanar tais irregularidades.

Postes também caíram na estrada que liga a localidade dos Costas ao Distrito de Senhora das Dores nesta segunda (6) (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Postes também caíram na estrada que liga a localidade dos Costas ao Distrito de Senhora das Dores nesta segunda (6) (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Na área urbana, a queda de fiação elétrica foi o problema registrado em dois bairros.

Na Rua Joaquim de Carvalho Campos, no Ipanema, a rede elétrica foi atingida por telhas de amianto que despencaram de uma residência. Os fios se soltaram e caíram sobre um veículo, onde os ocupantes conseguiram sair a tempo.

Na Rua Osvaldo Fortini, no Bairro São José, outra fiação também se rompeu.

Nos dois casos, os Bombeiros orientaram os moradores, adotaram providências e acionaram a Cemig.

Escola foi destelhada por causa de chuvas em Barbacena (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Escola foi destelhada por causa de chuvas em Barbacena (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Destelhamento de escola

A Escola Municipal Crispim de Paula Nezio, que fica na Comunidade dos Costas, teve parte da estrutura danificada e destelhada na manhã desta terça.

As aulas foram interrompidas por tempo indeterminado e a direção informou que irá providenciar a realocação dos alunos.

Foram acionados engenheiros da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil para avaliar a situação.

Os militares continuam no local efetuando o corte de árvores, assim como a Cemig, que tenta restabelecer a energia elétrica.

Escola foi destelhada por causa da chuva em Barbacena (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Escola foi destelhada por causa da chuva em Barbacena (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Posicionamento da Prefeitura

De acordo com a Prefeitura, a Defesa Civil fez os acionamentos necessários para solucionar os problemas, além de ir até os locais para verificar os danos.

A Secretaria Municipal de Obras Públicas enviou retroescavadeira para desobstruir a estrada dos Costas.

A Defesa Civil Municipal está em plantão de monitoramento das áreas de risco e pode ser acionada através dos telefones (32) 3693-8501 e (32) 98863-2199.

O contato pode também ser feito através da Guarda Civil Municipal pelo telefone 153.

Em caso de emergência, a Polícia Militar, no telefone 190 e o Corpo de Bombeiros, via 193, também podem ser acionados.