Barroso atinge meta do Ideb prevista para 2021

Barroso superou, em 2017, as metas projetadas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) na Rede Municipal de Ensino. De acordo com os dados disponíveis no site do Inep, a média foi de 6.9, valor previsto para ser alcançado somente no ano de 2021. Em 2015, a média foi de 6.6, o que representa um acréscimo de 0.3.

Foram avaliadas a 4ª série e o 5º ano de quatro escolas municipais de Barroso, como consta na tabela abaixo. Os dados também mostram as notas individuais das instituições.

A escola Irmã Magdaline superou as metas para os próximos quatro anos, enquanto a E.M. Arthur Napoleão ultrapassou a meta para 2019.

O Sociólogo e colunista do Barroso EM DIA, Antônio Claret destacou o desempenho de Barroso na rede municipal.” É muito bom, a maioria das metas foram alcançadas com alguns anos de antecedência. O desafio aqui, como no Brasil, é avançar na qualidade do Ensino Médio. Nenhum Estado se destacou nesse nível em todo o país” diz.

O índice é calculado de dois em dois anos, de acordo com os resultados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e com as taxas de aprovação das escolas e redes de ensino.

Rede estadual

As escolas estaduais avaliadas em 2017 foram apenas a E.E. Sant’Ana (4ª série), com nota 6.4; E.E. Cônego Luiz Giarola Carlos (8ª série, com nota 4.5 e 3ª série EM, com 4.1);E.E. Prefeito Geraldo Napoleão de Souza (8ª série), com 5.4 e E.E. Francisco Antônio Pires (8ª série e 3ª série EM ), com nota 4.8 e 4.6, respectivamente.

A média total alcançada foi de 6.4, o que representa um decréscimo de 0.7 pontos em comparação ao Ideb de 2015, que foi de 7.1.