A APAE, Casa de Passagem Lar Feliz e o Instituto Nossa Senhora do Carmo receberam, no final de 2017, através do programa Rede Cuidar, da secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), um recuso de R$30 mil cada para ajudar em suas manutenções.

O projeto do Governo de Minas busca minimizar as dificuldades enfrentadas pelas entidades filantrópicas privadas. Na primeira fase do Programa 364 organizações foram contempladas, cada uma delas receberam o mesmo incentivo, além de Prados mais sete cidades localizadas na região do Campo das Vertentes estão participando, dezessete instituições no total.

Em Minas Gerais há cerca de cinco mil entidades socioassistenciais, que abrigam crianças, adolescentes, idosos e pessoas com deficiência. O Deputado Estadual Cristiano Silveira explica a importância do Projeto: “Essas entidades precisam de mais atenção. Precisamos garantir a proteção social das famílias e usuários dessas instituições. As articulações e parcerias do Governo de Minas são essenciais para melhorar a qualidade de vida de todos esses usuários” expõe.

Outras cidades

Foram contempladas também na região do Campos das Vertentes instituições em Barbacena, Prados, Conselheiro Lafaiete, Entre Rios de Minas, Ouro Preto e Piedade dos Gerais.

Fomento

O Governo de Minas em parceria com a Loteria Mineira vai destinar à Rede Cuidar cerca de R$10 milhões anuais.

“Essa é uma política pública muito importante da gestão da assistência social do Estado. Nosso trabalho é realizado em duas vertentes: a capacitação da mão de obra para trabalhar os projetos, programas e serviços sociais e o cuidado da rede assistencial, dando essa contribuição para entidades que trabalham essa política”, explicou a diretora regional da Sedese, Merelaine Cardoso.