Treinador Aguinaldo é demitido da Cohab e desabafa em carta de despedida

Foto: Reprodução Barroso EM DIA

O ex-goleiro e treinador, Aguinaldo, que foi campeão com a Cohab em 2017 no Futsal de Verão do Ceclans, foi demitido da equipe barrosense na última semana.

Segundo Aguinaldo, que procurou a reportagem para entregar uma carta de desabafo e despedida, a demissão foi injusta.

“Estou indignado com a atitude de algumas pessoas. Na verdade, decepcionado com a forma que me trataram”, declara o ex-goleiro de grandes times barrosenses que atualmente está atuando como treinador de futebol.

Além do título no Ceclans, um dos mais cobiçados na região, Aguinaldo também foi campeão da Recopa 2017 e o primeiro time a vencer um campeonato dentro do Athletic, em São João del Rei.

Aguinaldo também é um dos poucos desportistas barrosense que ganhou a Taça Ouro como jogador e Treinador.

Leia a carta na íntegra enviada para o Barroso EM DIA:

Primeiramente gostaria de agradecer ao Barroso EM DIA pela oportunidade de poder me expressar. Venho por meio desta carta me desabafar e dizer que o que escrevo neste momento é com o coração cortado. Estou enojado com a atitude de algumas pessoas.

Aos 50 anos estou decepcionado com o futebol de Barroso, com tamanha a falta de respeito com o ser humano. Comandei por três anões a equipe da Cohab como técnico e em três anos, tivemos três grandes títulos (Campeão Futsal de Verão no Ceclans, Campeão em São João del Rei, no Athletic e Campeão da Recopa 2017). Foram apenas três derrotas como técnico e mesmo assim tive a cabeça cortada. Encaro isso como uma falta de consideração.

Antes de me julgar, olhem minha história futebolística, pois sou uma das poucas pessoas em Barroso que foi campeã como treinador e jogador, se não o único.

Há você que tinha como objetivo me tirar do seu caminho, parabéns. Mas saiba que ainda não conseguiu. Cuidado com o amanhã, ele pune. Mas nenhuma mão colocada no caminho é maior que a de Deus, pois grande é ele que sabe de todas as coisas.

Esse é preço que pago por me dedicar tanto a comunidade Cohab. Muitos colocaram a culpa da derrota (Final de 2018) em mim, mas poucos sabem o que já fiz pelo time.

Enfim, a vocês jogadores e torcedores que me consideraram, um abraço e ao resto uma abraço e um beijo no coração. Desejo a vocês apenas um pouco mais de Deus.

Obrigado Dudu pela oportunidade de poder treinar a Cohab durantes estes três anos. Você sim é uma pessoa a quem admiro e respeito.

Obrigado, fiquem com Deus!
Aguinaldo Roberto Fraga.