Rua precária e melhorias que não chegaram

Nos primeiros meses de 2017, alguns moradores e proprietários de imóveis na Rua Antônio Rodrigues de Melo, no Bairro Josefina Coelho de Souza, indagaram-me sobre como solicitar melhorias para aquela rua.

Informei que o correto seria procurar a Prefeitura de Barroso e, se necessário, a Câmara Municipal. O vereador não tem poder para execução, quem executa é o Executivo Municipal, mas é o vereador o legítimo representante do povo e pode intervir através de indicações.

Hoje, uma dessas pessoas informou que já desistiu das reivindicações. Segundo ela, foram várias tentativas sem sucesso; tanto na Prefeitura, quanto na Câmara.

De fato, a situação daquela rua é uma calamidade. Segundo essa pessoa, por falta de infraestrutura muitos estão sem água, sem esgoto, sem energia elétrica, além de péssimas condições de circulação e insegurança, principalmente à noite.

É lamentável, triste e vergonhoso, mas há cerca de 12 anos atrás foram adquiridos diversos materiais para construção de meios-fios e sarjetas naquela localidade, porém, lá não chegaram absolutamente nada.  Isso pode ser constatado a olho nu. Aliás, isso já foi constatado por uma comissão da Câmara, em 2016, se não me engano.

Prefiro não entrar em detalhes, a não ser que seja necessário, mas, em respeito à dignidade daquelas pessoas sugiro e espero que a Comissão de Obras da Câmara Municipal de Barroso, composta pelos vereadores: Leone, Baldonedo e João Campos (Golô), visitem aquele local, esclareçam a situação e solicitem as providências necessárias.

É sabido que a Prefeitura, no momento, não dispõe de condições financeiras para atender aquela comunidade com toda infraestrutura necessária, mas creio que uma boa manutenção e conservação daquela rua talvez minimizasse um pouco o sofrimento daquelas pessoas. E, apenas isso, certamente está ao alcance da Prefeitura.

por Luiz Moreira