Reinaldo evita falar sobre especulações do seu secretariado

O prefeito eleito, Reinaldo Gambá (PSDB), que assume a Prefeitura de Barroso a partir do dia 1º de janeiro de 2017, já está montando sua equipe de governo para a nova gestão municipal.

Diante das especulações e das mudanças que acontecerão, principalmente no secretariado, a reportagem do Barroso EM DIA entrou em contato com Reinaldo com o intuito de elucidar alguns nomes que estariam sendo cogitados.

Porém, o novo prefeito preferiu não adiantar informações à reportagem. “Prefiro não mencionar nada, por enquanto, para não criar expectativas positivas e negativas. Em momento oportuno iremos divulgar os nomes que comporão a nossa equipe de trabalho”, diz ele que revela que está havendo muitas especulações de todos os lados.

Apesar de não ter a confirmação de Reinaldo, a reportagem tem a informação de que pelo menos a Secretária de Cultura e Turismo já está definida. Trata-se de Renata Nogueira, que foi Diretora da pasta na gestão do saudoso Arnô Napoleão, entre os anos de 2005 e 2008.

De acordo com a entrevista do então candidato à Web Rádio, antes das eleições, uma nova Secretaria, a de Esportes, seria criada em seu governo. Ainda não há nenhuma definição de nomes, segundo o que apurou a reportagem, para assumi-la. No entanto, o secretário escolhido trabalharia no Ceclans e não no Prédio dos Três Poderes e haveria a possibilidade de não mais existir o atual cargo de Diretor do Ceclans, visando economia das finanças.

Entre os profissionais que estariam sendo cogitados por Reinaldo, destacam-se: Júnior Malaquias, Antônio Claret Filho, Regina Ferreira, Leninha Napoleão, Rosimauro Fonseca, Auxiliadora e Roberto Ferreira.

Outros nomes aparecem no leque de opções de Reinaldo, sendo eles: Luciano do ABC, que teria sido procurado pelo prefeito eleito para assumir a Assistência Social, mas ainda não teria respondido o convite, e Edgar Von Buettner para a Secretaria de Planejamento.

“No momento prefiro resguardar-me para que possa com isenção montar uma equipe séria e comprometida com o nosso projeto apresentado para a população”, relata Reinaldo.

Também haveria a possibilidade da vice-prefeita Deléia Napoleão (PPS) assumir uma das secretarias e, dessa forma, economizar dinheiro aos cofres públicos. O fato já aconteceu na gestão de Eika Oka (PP) quando o vice João Pinto (PMDB) assumiu a Secretaria de Saúde.

A respeito da possibilidade de algum vereador eleito deixar a Câmara para assumir uma vaga na Prefeitura, Reinaldo também não quis comentar.

No entanto, a reportagem apurou que existem duas possibilidades em curso: a de Baldonedo Napoleão (PSDB) deixar a Câmara para assumir uma Secretaria de Desenvolvimento Econômico e a de Chiquinho Maromba (PSDB) assumir uma cadeira. A primeira foi descartada por Baldonedo em entrevista à Rádio Liberdade FM. Por fim, seria ainda possível que Giovani Graçano (PPS) assumisse algum cargo no Executivo para Jayminho (PPS) continuar no Legislativo.