Registro histórico

Nesta última semana, o site Barroso EM DIA fez um registro simples, comum, porém, histórico. Em audiência pública de planejamento, realizada na Câmara Municipal de Barroso, a reportagem “flagrou” o exato momento em que os candidatos a Prefeito em Barroso se cumprimentaram no plenário da Casa. Em se tratando de dois grandes homens de respeito no município dos quais a educação e a tradição familiar são pilares, não há nada demais na dita foto e muito menos na atitude de duas pessoas gabaritadas e experientes na política. Mas, a fotografia retrata muito mais do que o simples encontro. A mensagem, através da linha editorial do Barroso EM DIA, pautada pela imparcialidade e compromisso com o jornalismo ético, leva às pessoas, principalmente aos eleitores mais eufóricos, que se trata apenas de uma eleição, de uma disputa, onde naturalmente apenas as ideias se divergem. O período eleitoral não é e não deve ser encarado com uma guerra, ou uma batalha, como muitos desinformados, munidos de um teclado e ódio, acreditam ser. Depois do dia 2 de outubro, haverá os dias 3 e 4 e, consequentemente, novembro e dezembro. A vida e as pessoas, como seus sonhos, anseios e dificuldades, continuam. Assim sendo, acreditamos ter feito e estamos fazendo nossa parte, ou seja, estamos lutando e “enfiando” nas cabeças desequilibradas que o candidato eleito pela maioria governa para todos a partir do dia 1 de janeiro de 2017. Atrelado a essa simples fotografia, muito curtida e comentada nas redes sociais, Barroso celebra uma decisão histórica.

A Juíza Valéria Possa Dornellas e as coligações adversárias colocaram um ponto final nos fogos de artifício e nas carreatas políticas. Sábia e prudente decisão conjunta. Estão todos de parabéns. No entanto, esperamos que esse acordo possa evoluir. Que em futuras políticas, possamos dar fim também aos carros de som que “berram” idiotices e aos inúmeros comícios espalhados pelas ruas, na porta de nossas casas, invadindo nosso espaço. Que um dia entendamos que os comícios devam ser realizados em ambientes fechados, que as propagandas devam ficar a cargo de rádios, TVs e jornais e, lógico, que as propostas e os votos sejam conquistadas com conversa, diálogo e olho no olho. Este é o caminho para a vitória do bom senso que começou a ganhar neste ano de 2016. Parabéns, Barroso!

 

Por Bruno Ferreira